Caso dos funcionários do Google em Itália

Em Itália está ou estava a decorrer um processo meio estranho e escandaloso contra o Google. No inicio do processo segundo o que entendi o google ajudou a polícia a encontrar o criminoso que fez upload de um vídeo em alguns alunos estavam a tratar mal um doente mental. O caso correu Itália inteira, agora os funcionários do Google foram seriamente prejudicados graças ao que utilizadores da internet fizeram. A história foi divulgada pelo Google através do seu blog.

http://tudoweb.files.wordpress.com/2009/10/google-videos-logo.jpg

No blog pode ser lido o seguinte:

Mas, neste caso, um promotor público de Milão decidiu acusar quatro funcionários do Google: David Drummond, Arvind Desikan, Peter Fleischer e George Reyes, que saiu da empresa em 2008. Eles foram acusados de difamação e violação de privacidade. Para deixar bem claro, nenhum dos quatro funcionários do Google teve relação com o vídeo. Eles não aparecem
nele, não o filmaram, não enviaram o conteúdo para a web nem o analisaram. Nenhum deles conhece as pessoas envolvidas ou mesmo sabiam da existência do vídeo antes que o filme fosse removido.

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. SEJA – Pinus » Caso dos funcionários do Google em Itália

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*