O conceito Photoshop

Desde que me lembro de ter acesso à internet em casa e que acedo regularmente a este local que ouço falar do maravilhoso Photoshop que tem tudo para ser um dos conceitos que praticamente toda a gente conhece. O Photoshop é tão falado que muitas pessoas que nunca o abriram sabem que as imperfeições das fotos das raparigas que aparecem as revistas são tiradas com ele.

Photobucket

Agora tem havido por esse Portugal fora cursos de iniciação e aprendizagem a trabalhar com Photoshop. Eu acho os cursos um pouco chatos. Ora vejamos, hoje em dia dia todos nós falamos de Photoshop, todos nós sabemos o que é, para que serve e o seu potencial. Se continuarmos a ver as coisas como elas são, podemos notar também que boa parte dos que falam já experimentaram mexer em Photoshop, uns aprenderam, os outros desinstalaram.

Agora pensemos mais um pouco. Os que ficaram com o software instalado, será que sabem quanto este custa realmente? Qual será a percentagem de pessoas que tem o Photoshop instalado e pagou a sua licença? O leitor até pode estar a pensar que a percentagem até pode ser alta. No entanto deixo os preços praticados pelo pessoal da Adobe:

Upgrade: € 231.60
Versão completa: € 806.40

Os preços apresentados já possuem IVA. Estes preços vêm confirmar uma coisa: realmente o software é bom! Pode ser caro mas não deixa de ser fantástico as suas capacidades. Eu diria até mais, quem domina Photoshop pode muito bem ganhar uns trocos extra, ou até fazer vida dele.

Deixo agora a pergunta no ar. Caro leitor sei que tem o Photoshop instalado no seu computador, por acaso sabia dos preços praticados pela Adobe por uma única licença?

6 Comments on O conceito Photoshop

  1. Não percebo bem qual é o objectivo mas realmente um Photoshop custa tanto como um computador. Aliás se se decidir comprar a licença de um pacote Creative Suite (Photoshop+ Illustrator+ InDesign +Acrobat etc) os valores ascendem fortemente, apesar de compensarem e muito a compra em grupo do software Adobe.

    A razão é esta: o Photoshop é um software profissional para o tratamento de imagem. Muita gente em suas casas quer ter o Photoshop apenas para fazer tarefas que não o justificam.

    A Adobe tem uma solução bem mais em conta para o mercado doméstico que é o Photoshop Elements, que é uma versão do light do Photoshop e com características pensadas para o uso caseiro. Custa cerca de 140 euro…

    Há ainda um outro, o Photoshop Express, que funciona on-line e é gratuito. Para se usar é necessário ter lá uma conta, fazer upload das imagens e depois tratá-las e publicar onde se quiser ou as descarregar finalizadas.
    Este é gratuito…

    O problema é que a generalidade dos utilizadores querem a “real thing” mesmo que seja excessiva e nem a saibam usar.

  2. “Deixo agora a pergunta no ar. Caro leitor sei que tem o Photoshop instalado no seu computador, por acaso sabia dos preços praticados pela Adobe por uma única licença?”
    A maioria dos utilizadores não sabe o valor do Photoshop.
    A maioria dos utilizadores não sabe o valor do MSOffice.
    A maioria dos utilizadores não sabe o valor do Nero.
    A maioria dos utilizadores não sabe o valor do kaspersky.
    A maioria dos utilizadores não sabe o valor do Pinnacle Studio.
    A maioria dos utilizadores não sabe o valor do jogo que estão a jogar actualmente.
    A maioria dos utilizadores não sabe o valor do filme que irão ver logo à noite.
    A maioria dos utilizadores não sabe sequer o valor do Windows, qualquer que seja a versão que tem instalada (o mais provável é não saber também…). etc, etc, etc…
    As poucas apps que usam sem infringir a “lei” têm publicidade ou acopladas a adware e afins.
    Se a pirataria acabasse….

    eu? eu uso gimp. e chega. porque não faço disso a minha vida. mas acima de tudo porque faço um esforço para não ser mais um ignorante.

  3. Não percebo o objectivo deste post.

    Que o Photoshop é bom, toda a gente sabe. É a ferramenta de edição de imagem mais conhecida.
    Que o Photoshop é caro, também é sabido.
    Que é pirateado, é claro.

    No entanto, o Windows também não o é? O Office? O Visual Studio? Entre tantos outros?

    Se formos a perguntar à esmagadora maioria de utilizadores de computadores quantos custam o Windows, muito provavelmente dirão “Não sei, já vinha instalado com o computador quando o comprei”.

    A Adobe, tal como a Microsoft e outros vendors, vivem e vendem principalmente ao mercado empresarial, e esses sim, são os grandes consumidores deste produto. Não é mais ou menos pirateado e/ou com instalações ilegais que outros milhentos produtos, mais caros ou mais baratos, que andam por aí.

    Alguém já se perguntou do preço do Corel Photopaint? Do Paint Shop Pro?

  4. Por motivos profissionais, sim conheço bastante bem os preços praticados pela Adobe relativamente ao Photoshop; também sei que existem milhares de pessoas a utilizar ilegalmente este software, para fazer tarefas simples que poderiam ser facilmente executadas com aplicações gratuitas mais simples. Pessoalmente desde que descobri que algumas das excelentes potencialidades do Gimp, para mim não quero e não preciso de outra ferramenta. Sei que não sou um utilizador profissional do Photoshop, mas acredito que faça mais do que 90% dos utilizadores que utilizam ilegalmente esta ferramenta.

  5. Eu uso ubunto, todos os dias, faz tudo que quero e não sinto falta dos outros.
    Converti-me plenamente à dois anos e ainda continuo vivo 😀
    Por acaso até tenho uma licença do xp.

    -Se eu podia viver sem linux?
    -Podia…
    -Mas não era a mesma coisa. :mrgreen:

  6. Pois o preco do photoshop nao alicia muitos compradores, e na verdade sera discutivel se e o melhor programa, muito exigente em termos de memoria e processamento, mas alguns falam do Gimp… e com razao 😀 e um programa melhor para quem sabe, e sendo open source pode ser modificado pelo utente para fazer coisas ainda mais extraordinarias. Uma pessoa que eu conheco que tem uma empresa mudou tudo para Linux e Open Source, poupou milhares de dolars em licensas e o equipamento nao precisa de tanta manutencao como em Windows. Mas a escolha final sera de cada um, aproveito apenas para informar quem nao sabe que o Linux nao e tao dificil como se da a entender.

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*