Roubam-nos pedaços da alma

Por tudo o que os deuses
Lançam sobre nós na sua indiferença:
Águas, ventos, sonhos, utopias
Guardamos a semente das
Ideias que florescem nas manhãs
Ou nos acordam nas trevas da noite.
                             &
Por tanto que nos dão e tiram
Lançamos sementes aos rios
Almas sedentas e ávidas de sonhos
Gorados por humanos rápices
Ignóbeis seres que nos roubam
O ouro da alma nas palavras impressa

Conceição paulino

2 Comments on Roubam-nos pedaços da alma

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*