Adorava ser holandês

Vi isto num blog chamado Bloco de Notas e achei engraçado. Há pessoas com bastante sorte neste mundo ora vejam esta história relatada pelo JN. E ainda dizem que os aviões são seguros…

Um dos passageiros que sobreviveu ao acidente aéreo da passada quarta-feira em Amesterdão, com nove mortos, tinha sofrido na semana anterior um outro acidente aéreo em Istambul, que se saldou sem vítimas.

O cidadão holandês Rob De Knecht viajava no passado dia 19 de Fevereiro num avião com destino ao Iraque que, ao aterrar para uma escala em Istambul, derrapou na pista e foi embater de frente num poste de iluminação, revelou hoje a agência noticiosa holandesa ANP.

http://thumbs.dreamstime.com/thumb_189/11908475003o1szw.jpg

Apenas seis dias depois, estava a bordo do avião da Turkish Airlines, proveniente da capital turca, que se despenhou pouco antes de aterrar no aeroporto de Amesterdão, por causas ainda desconhecidas, partindo-se em três e provocando a morte de três pessoas e ferimentos em mais de 80.

No seu último acidente aéreo, Rob De Knecht partiu apenas quatro costelas.

O cidadão holandês recordou que o comandante do avião avisou a tripulação e os passageiros que iam aterrar daí a alguns minutos no aeroporto de Amesterdão e uns segundos depois o avião caiu.

2 Comments on Adorava ser holandês

  1. Infelizmente não foram “três” os mortos do acidente de Amesterdão, mas sim nove.

    Mas lá que o senhor teve sorte, lá isso teve 😮

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*