País BOLORENTO!

Por acaso hoje à hora de almoço, passei diante da TV (ligada para as moscas) e apercebi-me nas notícias de uma apreensão  algures, neste sítio cada vez mais mal frequentado, de uns livros cuja capa apresentava a imagem do quadro mais polémico de Gustave Courbet. Não percebi obviamente as razões porque cheguei tarde demais. Pasmei ainda assim. Pensei para os meus botões (nem comentei com a família) que estaria eventualmente a perceber mal a coisa. Esqueci entretanto. Agora ao receber os feeds do Apedeites é que me lembrei da cena… será que voltámos ao tempo da outra senhora? Não sei como era nessa altura, mas calculo pelo que se contava.

Será que é púd(b)ica censura? Terei percebido mal?
Será que ARTE agora é algo obsceno? Não pode!!!!
Como artista plástico sei que a fronteira entre o erótico e o pornográfico é difusa, subjectiva e pessoal. Muda de acordo com a época e com a cultura. Mas, “óbalhamedeuze” estamos em pleno séc. XXI, em plena época em que assistimos aos desvarios sobre “casamentos gays”; “comemos”, quer queiramos ou não, com todas as cenas explícitas nas TV’s públicas, ou privadas; vemos paradas de loucos (gays  ou não) e por aí fora…
enfim, só faltava mais esta neste país bolorento – a “censura” na arte!
Imagina/conhecerá o(s) autor(es) da dita censura a escultura monumental de Ron Mueck, cheinha de pelinhos e alma?? Não creio.

Para quem não conhece aqui fica um link que merece ser visto:
http://blog.uncovering.org/archives/2008/01/ron_mueck_escul.html

Entretanto lembrei daquela polémica exposição em Serralves em 2007 – “o olho do cú”.
Procurei o link directo mas já não funciona.

Contudo, como por enquanto, a livre expressão na net ainda existe, cá vai outro link com fotos dessa exposição que todos nós pagámos através dos nossos impostos: http://botabaixo.nireblog.com/post/2009/01/15/escandalo-exposicao-na-fundacao-de-serralves-o-cumulo-do-ridiculo

Será que afinal o carácter trágico-cómico desta notícia é revelador do preocupante obscurantismo em que ainda estamos mergulhados??

Não será isto típico do renascer do clima “pidesco” de outrora que se está a instalar de novo em Portugal, dia após dia? Não é inquietante??

Talvez seja altura do acordar da sociedade para um investimento na educação/cultura geral de cada cidadão num incremento válido ao espírito crítico, construtivo e essencialmente apartidário!

Vivemos uma época em que continuamente somos bombardeados com toda a espécie de informação e no entanto, assistimos dia após dia à formatação de opiniões; ao abafar das verdadeiras vozes críticas – todas as que não têm nenhuma agenda obscura por trás dos seus argumentos e ao aumento dos tempos de antena destinado a todos os que, em nome do suposto ‘progresso” e a “bem da nação”, nos manipulam, atrofiam e corrompem o pensamento, subtilmente, obrigando-nos à aceitação do “statu quo” vigente – ao estado actual de um  país flácido, bolorento, embrutecido, entregue à “bufaria” generalizada.

Será que queremos voltar à “dark age”?? Ou à Inquisição?? Espero bem que não!

BOA SORTE, OU MUITA LUCIDEZ A TODOS NÓS!

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*