68 segundos e um imenso nó na garganta!

Caríssimos, para desanuviar das recentes “aventuras do zézito” (agora que o meu adsl, resolveu voltar com alguma estabilidade) andei por aí e… gostaria de partilhar com todos vocês este meu nó na garganta, ou murro no estômago,  como queiram.

Algo vai muito mal, neste mundo, não acham?

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*