Lá se vai o Magalhães

Nos próximos seis meses, a Índia vai comercializar um computador portátil para as escolas pelo preço de 20 dólares, revela o jornal “Financial Times”, na sua edição de hoje. O protótipo do portátil Sakshat será apresentado, amanhã, num evento sobre a Missão Nacional para a Educação, em Tirupati, no Estado indiano de Andhra Pradesh.

magalhaes

Vendido por 20 dólares, o ‘Sakshat’ poderá destronar o ‘Magalhães’, gratuito apenas para os alunos do 1.º escalão da acção social em Portugal e vendido por 20 euros aos alunos do 2.º escalão, ou por 50 euros aos restantes alunos. Na rede comercial, o seu preço mínimo é de 200 euros.

Algo me diz que o senhor José Sócrates vai ficar muito irritado.

Desenvolvido por cientistas indianos no Instituto de Tecnologia de Vellore, no Instituto de Ciência de Bangalore, no Instituto Indiano de Tecnologia de Madras e numa empresa estatal de semi-condutores, este computador terá uma capacidade de dois Gb de memória RAM e ligações sem fios (wireless).

De acordo com a mesma fonte, o projecto está a ser apoiado pelo Governo indiano, no âmbito de um plano para implementar o e-learning em mais de 18 mil liceus e 400 universidades. No entanto, alguns analistas mostram-se cépticos relativamente à viabilidade comercial de um computador vendido por 20 dólares e à capacidade do projecto para atrair um parceiro. Notícia.

3 Comments on Lá se vai o Magalhães

  1. Oh pá um PC indiano?
    Fogo, não comparas a qualidade dos pc de 20$ com o o Classmate! E que na Índia tudo é feito em grandes quantidades e tão a cagar-se para a qualidade. Vê-se isso nos carros (que latas…), software (não me venham dizer que são os melhores programadores, é tudo treta.. há gajos bons, mas na globalidade não o são!). Quando vejo algo “made in india” torço logo o nariz.

    Eles que façam o seu Pc de 20$…. quando começar a dar raia, quero ver quem é que vai dar suporte 😛

    Um abraço

  2. Hmmm…não acredito que consigam fazer um laptop a esse preço (tão cedo).

    Nem no projecto OLPC conseguiram fazer pelos 100 dollars estimados…vão eles agora conseguir?

    Só se estivermos a falar do preço que o governo Indiano irá vender (por comparticipar o investimento)!

    Hugz,
    Luís

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*