Alerta a medicamentos…

…cujo composto pode aumentar o risco de hemorragia cerebral, chama-se Fenilpropanolamina. Esta conclusão é de um estudo da Escola Médica da Universidade de Yale, nos EUA, que descobriu que este composto está directamente ligado a 44 casos de morte.

infarmed

O alerta foi lançado e o INFARMED esteve reunido, mas «só na próxima semana vai decidir se retira ou não do mercado os quatro medicamentos que estão à venda em Portugal, e que contêm este composto, pois pretende-se conversar primeiro com os colegas da União Europeia», declarou à TSF António Faria Vaz, do INFARMED.

Os quatro medicamentos são:
Ornade Spansule, Rinogam, Coricidil, e Antigripine

São medicamentos para a tosse, febre, emagrecimento e descongestão nasal, que vão ser agora analisados à lupa. É que o composto usado nestes remédios, é responsável pelo aumento de acidentes vasculares cerebrais hemorrágicos, especialmente em mulheres jovens, três dias após a administração…

Fonte: NetConsumo

Meninas e meninos, muita atenção aos medicamentos que tomam!

6 Comments on Alerta a medicamentos…

  1. então, quais foram os desfechos desta notícia? em 3 anos e tal, por certo que alguém sabe o que aconteceu aos medicamentos, não?

    então, essa notícia é de 2005: http://www.google.com/search?q=site%3Ainfarmed.pt+Fenilpropanolamina&ie=utf-8&oe=utf-8&aq=t&rls=org.mozilla:en-US:official&client=firefox-a e alguém com espírito crítico teria investigado um pouco mais:
    Ornade Spansule revogado em agosto de 2005
    Rinogan revogado em outubro de 2005
    Coricidil revogado em abril de 2004
    Antigrippine + Fenilpropanolamina caducado em abril de 2005

    cumprimentos

  2. Você foi enganado por um email spam. Esta notícia está 4 anos desactualizada. Data de 2005, actualmente não há medicamentos em portugal com este composto na sua composição, mesmo os das marcas visadas. Mas a notícia continua a ser espalhada via email. É desinformação.

  3. Comentário ao sr. Fox88:

    Parece que muito pouca gente tem espírito crítico suficiente para questionar qualquer um dos emails “avisos” que recebe diariamente a pedir reenvio urgente… Não passa nenhum por mim desde que tentei confirmar um certa vez e me apercebi que o contacto fornecido era de alguém que nã tinha nada a ver com a notícia dada. Basta uma simples busca no google para se ficar com uma noção se é verdade ou não, já há imensos sites dedicados a desmascarar estes emails (felizmente).

    As escolas têm de começar a ensinar urgentemente regras básicas de sobrevivência na internet.

  4. @Rui
    obrigado pelas tuas palavras!

    já nem me lembrava deste post, mas vejo que a autora nem se deu ao trabalho de o rectificar, nem se pronunciou nos comentários.
    é pena que um meio de co

  5. @Rui
    obrigado pelas tuas palavras!

    já nem me lembrava deste post, mas vejo que a autora nem se deu ao trabalho de o rectificar, nem se pronunciou nos comentários.
    é pena que um meio de comunicação como este não aproveite para fazer melhor serviço público 😐

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*