Cientistas desenvolvem motor com a espessura de dois a três cabelos para operar cérebro

Cientistas australianos desenvolveram um nanomotor com um diâmetro próximo de 250 micrómetros (um quarto de um milímetro, a espessura de dois a três cabelos), potencialmente capaz de se deslocar nos vasos sanguíneos do cérebro, como no filme de ficção científica “Viagem Fantástica”, realizado em 1966.
“Procuramos algo que possa ser colocado nas artérias humanas, particularmente quando as tecnologias tradicionais não podem ser utilizadas”, declarou James Friend, do Laboratório de Nanofísica da Universidade Monash, em Clayton, Austrália, e co-autor de um estudo publicado no “Journal of Micromechanics and Microengeneering”.

sala-operatoria
A dificuldade esteve no desenvolvimento, para um robot desta dimensão, de um motor capaz de “ir contra a corrente” nos vasos sanguíneos. O valor de 250 micrómetros decorre da espessura do estator, um elemento fundamental do motor.

O motor do robot foi baptizado de “Proteus”, o nome do submarino em miniatura que no filme transporta os médicos e seus auxiliares, reduzidos a um tamanho microscópico, para penetrar na perna de um agente infiltrado da União Soviética e destruir um coágulo no cérebro.

No entanto, peritos em micro-sistemas electromecânicos da QinetiQ disseram à BBC News que, apesar do impressionante desempenho deste protótipo em laboratório, a sua eficiência na movimentação através de fluidos ainda está por demonstrar.

Fonte: Publico

2 Comments on Cientistas desenvolvem motor com a espessura de dois a três cabelos para operar cérebro

  1. Não há espaço nem segurança social que resiste.. 😆

    Pergunto-me, como é possível?! Um motor da espessura de dois cabelos?!
    Há coisas que conseguem ultrapassar ao extremo a minha capacidade de raciocínio… 😮

2 Trackbacks & Pingbacks

  1. Fique por dentro Motor » Blog Archive » Cientistas desenvolvem motor com a espessura de dois a três …
  2. Fique por dentro Espessura » Blog Archive » Cientistas desenvolvem motor com a espessura de dois a três …

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*