Desporto em Portugal parte 2

Segundo uma notícia do Público fiquei a saber que a taça da liga (essa grande competição) tem 1566 adeptos por partida. Excelente. Agora entendo porque o onze titular do Porto para hoje contra o Nacional é tão fraquinho e nem contenha quase jogador nenhum conhecido. Admito que esta competição tenha sido feita para imitar os outros países, mas ao menos podiam fazer qualquer coisa que motivasse o interesse dos clubes na competição. Porque isto deve dar despesas a quem joga, e tem que pagar deslocações, comida e tudo mais aos jogadores.

252984

Ainda mais se se trata de equipas pequenas com poucas posses. É normal que não tenham interesse nenhum. E o pior é que o futebol português está mau, e os 1500 adeptos de média por partida deve ser um calculo bastante amigo de quem quer ver pessoas nos campos de futebol. Parte um.

1 Comment on Desporto em Portugal parte 2

  1. Não concordo em nada com este comentário.

    Vamos só “comparar” esta competição com a competição inglesa.

    Na Taça de Liga Inglesa e tirando os jogos entre os “grandes” o nível de espectadores é muito, mas muito inferior ao do campeonato. Óbvio que não tem 1500 adeptos, deverá ter em média 10 mil, mas para quem nos outros jogos tem 20 ou 30 mil, é a mesma coisa que em Portugal.

    Feita a “comparação” da assistência, passamos à importância que os clubes lhe dão. Por ventura já ouviu falar dos irmãos gémeos que jogam no Man United e que o Queiroz quer trazer para a selecção Portuguesa. Pois bem, esses jovens foram lançados em jogos da Taça da Liga.
    Eis a equipa do Man Utd num jogo da Liga
    Kuszczak – Rafael – Evans – Vidic – O’Shea – Gibson – Scholes – Anderson – Nani – Welbeck – Tevez
    Ora facilmente verificamos que apenas 2/3 jogadores fazem parte das eleições do Sir Alex para todos os jogos.
    Também aqui as diferenças entre uma e outra liga “não se notam”.

    Passamos agora a analisar a criação da Taça da Liga. Desde que a Liga ficou reduzida a 16 clube que o calendário do futebol português ficou com menos 6 jogos. Ora e como ficou provado antes da criação da Liga esses 6 jogos faziam falta ao nosso calendário.
    A Taça da Liga nasce da necessidade de haver mais competição, e surgiu para “tapar” buracos deixados pelos 6 jogos em falta.

    Óbvio que a Taça da Liga não é uma grande competição e não foi criada para isso. Devemos encarar a Taça de Liga como uma competição a sério que servirá para rodar jogadores e vermos alguns putos da “nossa” formação.

    Sobre o facto de os clubes terem despesas extras, e quando havia mais 6 jogos não tinham? Se bem que na Taça da Liga sempre se recebe-se alguma coisa pela participação…

    Para terminar, será que a Taça de Portugal quando foi criada tinha os estádios cheios?
    Será que os jogos da Taça a meio da semana têm os estádio cheios?

    Atinem!

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*