Sabia que…

Nova edição do sabia que, lá vem ele com a mania que sabe mais que eu… Sim talvez seja isso, ou até, apenas quero dar a mostrar pequenas curiosidades que todos conhecemos mas não sabemos como funciona ou algo no género, tentando sempre não fugir muito ao mundo da informática. Tudo pronto? Vamos lá então!

Sabia que… Mais uma vez não sabia…

  • Urina destilada proporcionou descoberta do fósforo!

A primeira descoberta científica de um elemento químico ocorreu em Hamburgo, em 1669, quando o alemão Henning Brand, militar e químico apelidado de o Último dos Alquimistas – devido a sua constante busca pela Pedra Filosofal, que supostamente transformaria metal em ouro -, descobriu o elemento fósforo. Brand encheu 50 baldes com urina e os deixou putrificar e criar vermes, então ferveu o material até adquirir uma pasta branca que foi aquecida com areia e, finalmente, destilada. O elemento foi chamado pelo cientista de fósforo (Phosphorus, o “portador da luz”) devido a sua propriedade de brilhar no escuro.

  • Semáforo francês transmitia mensagens

A palavra semáforo foi criada pelo sacerdote e engenheiro francês, Abade Claude Chappe, para batizar o telégrafo óptico que inventou em 1791. Constava de uma série de 120 torres, dispostas em linha reta entre Paris e a ilha de Lille, no Mar Mediterrâneo. Como cada torre era dotada de um telescópio, sinais emitidos em cada uma era visto com facilidade pelo operador da torre vizinha que os retransmitia para a torre subsequente. Documentos da época dizem que uma mensagem gastava no máximo uma hora para ser transmitida de um a outro extremo.

  • O sinal de socorro “SOS” nasceu do velho Código Morse

A SOS é uma convenção internacional para transmitir pedido de socorro de viajantes em dificuldades. A versão de que significasse “Save our souls” – salvem nossas almas, em inglês – não tem fundamento. Nasceu do velho Código Morse, no qual a letras “s” (três pontos) e a letra “o” eram as de transmissão mais fácil.

  • Galileu Galilei foi o descobridor da parábola (aquilo da matemática)

Antes dos estudos de Galileu Galilei, pensava-se que, por exemplo, quando uma bala de canhão fosse disparada, a força impulsionadora a movimentaria para frente enquanto durasse e só então a gravidade agiria. Mas Galileu, depois de muitas observações, verificou que as duas forças actuavam simultaneamente, concluindo que o trajecto da bala não seria formado por duas linhas rectas, mas por uma linha curva chamada parábola. O maior uso da descoberta da parábola foi, sem dúvida, na ciência militar, com o bombardeamento cientifico. Ele possibilitava aos militares calcular a distância das balas disparadas através do ângulo do canhão com o horizonte.

  • Por que as luzes de “pare” são vermelhas? (lógico não?)

Já parou para pensar por que os semáforos, luzes dos travões, luzes nas asas dos aviões que indicam para onde ele irá virar quando está no solo e vários outros sinalizadores de “pare” são feitos na cor vermelha? Certamente o fato da universalização do significado é uma boa desculpa. Porém, há um outro bom motivo. Cada cor de luz possui um raio de tamanho diferente, ou seja, algumas atingem maior distância antes de se dispersarem e ficarem invisíveis do que outras. A cor vermelha é a que possui um raio maior, podendo ser vista de grande distância e dando possibilidade aos motoristas de parar mais rápido.

Outras edições do sabia que:

4 Comments on Sabia que…

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*