Software Livre nas Escolas – Portal lançado pelo Min. Educação

O PrintScreen trouxe até mim um post do Paulo Vilela informando que o Ministério da Educação lançou recentemente um portal para apoiar as escolas na utilização de software livre em vários sistemas operativos.

Parece que isto é mesmo para valer e até estão a dar o exemplo: o portal está a usar o Joomla! como CMS (programado em PHP), a correr em CentOS com o webserver da Apache Software Fundation, tudo software livre.

Em termos de conteúdo, podemos ver uma pequena listagem de distribuições de Linux e até de sistemas baseados em BSD, uma lista já grandinha de programas livres que podemos adoptar no nosso dia-a-dia como o Pidgin em alternativa a um dos supra-sumo do degredo que a internet se tem vindo a tornar mais utilizados programas da actualidade, o Windows Live Messenger.

Algo que me agradou bastante foi a existência de uma secção dedicada a formatos abertos, onde falam do ODF usado pelo OpenOffice.org. É pena que não aborde um dos pontos que para mim é extremamente importante na adopção do formato X em vez do Y: a questão da liberdade que ganhamos ao não usar software/formatos proprietários, e a importância de dizer não trocar essa liberdade por uns trocos, algo que me parece não ser levado muito em conta nos dias…

Voltando ao portal, não está perfeito nem nada que se pareca, ainda tem bastantes lacunas, mas é de louvar a iniciativa.

Até que enfim uma decisão acertada, Sra. Ministra! Agora espero que isto não seja sol de pouca dura, e se não for pedir de mais, também podia deixar de usar ASP.NET e Windows nos servidores do Ministério, optando por uma distribuição vocacionada para servidores como o CentOS, ou o Debian, e usando o Mono para reduzir custos desta mudança… 🙂

PS: Este post expõe opiniões pessoais apenas minhas, David “djthyrax” Ferreira, e não transmite necessariamente o pensamento do resto da equipa do Glob-PT.com.

6 Comments on Software Livre nas Escolas – Portal lançado pelo Min. Educação

  1. Muito bom, sempre são uns trocos poupados pelo governo em software.

    Que a iniciativa se alargue às escolas!

  2. muito porreiro!
    so nao dvias nao por o post tdo a aparecer no blog mas sim so kuando se carrega-se em ver mais 😉

  3. @tiago_c,
    Se há algo que me irrita profundamente quando leio um feed, é ter posts truncados. Portanto, como se costuma dizer, não faças aos outros o que não gostas que te façam a ti. 😛

  4. Ah. Percebi mal o que ele tinha dito. Anyway, não havia grande sítio para fazer uma separação, ficou mesmo assim. 🙂

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*