Existirá educação em Portugal? 2ª parte

Ao fazer um visita ao PortugalDiário dei de caras com esta noticia que será o desenrolar do caso que tinha falado à pouco tempo no blog. Passo a citar a noticia.

guerra.jpg

«Tenho a noção de que o que fiz está errado». A aluna, de 15 anos, que protagonizou uma luta com a professora para recuperar o telemóvel, diz estar arrependida. «Isto também é mau para os meus pais». Mas a professora «implica comigo. Já fui para a rua várias vezes»

«Tenho a noção de que o que fiz está errado». Esta é a primeira reacção de Patrícia, a aluna da Escola Secundária Carolina Michaelis, no Porto, que, em plena sala de aula, protagoniza uma luta com a professora de francês para recuperar um telemóvel que lhe tinha sido retirado pela docente.

Em declarações ao Correio da Manhã, a aluna disse ainda estar «arrependida», mas alega que a professora implica com ela. «Já fui para a rua várias vezes».

«Isto também é mau para os meus pais», diz Patrícia, de 15 anos, que não esperava que o caso «ganhasse esta dimensão». E, talvez por isso mesmo, contou ao CM, na altura não disse aos pais todos os pormenores do que se passou. A mãe terá sido chamada à escola, falou com a directora, e, explica a aluna, «disse-lhe que a professora me tinha sacado o telemóvel». Agora, consciente da gravidade da situação, Patrícia teme a «suspensão ou a expulsão da escola».

guerra-2.jpgO caso passou-se na última aula de Francês do 2º período e foi tudo gravado por um dos alunos que colocou depois o vídeo no You Tube. Ao Correio da Manhã, a jovem conta a sua versão dos acontecimentos: «Era uma aula livre e a professora autorizou o uso do telemóvel e toda a gente os tinha em cima da mesa. Pedi a uma amiga para ouvir uma música no telemóvel, mas o som estava baixinho».

Como era também dia de entrega de testes, conta Patrícia, ao passar pela sua secretária, a professora tirou-lhe o telemóvel. E, a partir daí, gerou-se uma luta pela posse do telemóvel, com a aluna aos berros e a empurrar a docente. Enquanto isso, os outros estudantes riem-se e fazem comentários jocosos.

fonte11.pngFonte: PortugalDiário

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*