Energia do fluxo sanguíneo pode alimentar aparelhos eletrônicos

Cientistas do Georgia Tech trabalham em um novo tipo de nanogerador que pode extrair energia do fluxo sanguíneo do corpo humano. Espera-se incorporar esses nanogeradores em sensores biomédicos, dispositivos de monitoramento e até mesmo gadgets de uso pessoal próximos ao corpo. A nova tecnologia, quando pronta, poderá ser empregada em um grande número de aplicações.

Segundo o site da revista New Scientist, o pesquisador Zhong Lin Wang, do Instituto de Tecnologia da Georgia, nos Estados Unidos, mais conhecido como Georgia Tech, descobriu que certos óxidos de zinco têm propriedades piezoelétricas. Com eles, é possível usar o movimento do corpo para gerar electricidade e alimentar pequenos dispositivos electrônicos. Apesar da óbvia aplicação médica (alimentar marca-passos, por exemplo), é possível que no futuro a tecnologia possa energizar um aparelho como o iPod.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*